Educar para o Senhor



10 julho, 2014


Quando recebemos de Deus o dom de gerarmos um filho, temos como consequência o dever de educar, portanto é hora de colocar em prática uma graça de estado recebida no dia do nosso matrimônio onde o Senhor derramou seu Espírito e nos capacitou para tão árdua e bela tarefa. Recordemos a oração que o sacerdote ou diácono fazem através da imposição das mãos sobre o jovem casal:

“Nós vos pedimos Senhor, que estes vossos servos (diz o nome do homem e da mulher) permaneçam unidos na fé e na observância dos mandamentos, fiéis um ao outro, sirvam de exemplo pela integridade da sua vida; fortalecidos pela sabedoria do Evangelho, deem a todos um bom testemunho de Cristo; recebam o dom dos filhos, sejam pais de virtude comprovada e possam ver os filhos dos seus filhos e, depois de uma vida longa e feliz, alcancem o reino celeste. Amém! ”

Uma criança precisa se desenvolver em vários aspectos: físico, psíquico, intelectual, social e espiritual. É um ser humano completo dotado de corpo, alma, inteligência e vontade. Isso significa que temos pela frente grandes desafios, portanto não podemos, em hipótese alguma, duvidar da capacitação que o Senhor nos dá!

Somos humanos e quando tiramos o nosso olhar de Cristo: erramos! Mas, sempre é tempo de fixar novamente nosso olhar nEle e corrigir nossas falhas, ou seja, nunca é tarde para retomar com autoridade a educação dos nossos filhos.

Mas como saber se estamos no caminho certo?

Simples, basta se perguntar: Como pais, o que temos priorizado ao educar nossos filhos?

Vivemos em um mundo altamente competitivo, jovens querendo ganhar o mundo em suas profissões e capacidades intelectuais. Pessoas almejando o topo das grandes companhias, poliglotas querendo viajar e desbravar as grandes metrópoles mundiais. E o que há de mal nisso? Nada! Desde que tudo seja realizado com consciência cristã.  Porém, esse panorama tem causado grande confusão nas prioridades dos pais cristãos! Passamos a educar nossos filhos para o mundo, única e exclusivamente para o mundo! Afinal de contas como eles vão acompanhar essa sociedade que caminha num ritmo tão acelerado?

Nessa hora é importante relembrar que estamos caminhando para o céu, chegar lá é o nosso objetivo principal! Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? (Mateus 16, 26).

É óbvio que não estamos tratando de matar os sonhos profissionais que nossos filhos venham a ter, mas temos a obrigação de apresentar à eles os valores cristãos, temos o dever de educá-los na fé para que também brote em seus corações o desejo de se consagrarem inteiramente à Deus no sacerdócio, no celibato ou no matrimônio. Precisamos de uma sociedade que conte com médicos, engenheiros, politicos, empresários, professores, trabalhadores do setor público e privado que sejam verdadeiramente cristãos, nisso consiste o poder que Deus conferiu às famílias de mudar essa sociedade injusta, numa sociedade mais fraterna e justa.

Mas insisto: será que na sua casa, dentre seus filhos, não tem um vocacionado ao sacerdócio? Será que não tem dentre suas filhas uma virgem consagrada? Um marido santo? Uma esposa virtuosa? Temos conduzido nossos filhos nessa descoberta? Colaboramos para que eles tenham experiências do amor de Deus? Eles tem oportunidades de experimentar a providência amorosa do Pai?

O mundo não pode nos confundir! Nossos filhos nos foram dados por Deus e para Deus devem voltar!

Vejamos o que nos ensina Pio XI:

“Os pais cristãos compreenderão que não são destinados só a propagar e conservar na terra o gênero humano mas a dar filhos à Igreja, a procriar concidadãos dos santos e familiares de Deus, a fim de que o povo dedicado ao culto do nosso Deus e Salvador cresça cada vez mais, de dia para dia.”

Não é um trabalho fácil! Estamos na contramão do mundo, nossos filhos são atacados por todos os lados, porém não temos o direito de desistir! Quem como Deus? Se confiamos e fazemos nossa parte, Ele vence!

Talvez na ânsia de dar o melhor para nossos filhos, estamos deixando de dar o essencial: O Céu!

Allan Lucas – Oblato Corpus Christi



COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

     
 Notícias

  14 dez, 2015
Papa abre a Porta Santa da Basílica de São João de Latrão

  13 dez, 2015
Pais perdem guarda dos filhos por serem “muito cristãos”

  13 dez, 2015
Bispos norte-americanos pedem ação urgente contra ‘pecado mortal’ da pornografia

  21 abr, 2015
O número de católicos aumentou 12%


 O que estamos fazendo
 
  1 nov, 2016
… para a galerinha de 08 a 10 anos

  29 jun, 2016
Não perca!