Para sempre!



7 maio, 2014


Quem nunca ouviu ou leu alguma história infantil que terminava assim: ‘‘… e eles foram felizes para sempre!’’ ???
Muitas e muitas vezes não precisavam nem contar o fim da história, porque já sabíamos como ela terminaria depois de um desfecho tão inusitante… porém, como éramos crianças, aquilo nos alegrava, pois tudo terminou bem, não é?!
E agora me diz o por que as pessoas depois de crescidas passam a desacreditar no ‘‘para sempre’’? Será que nada mais tem tanta durabilidade assim?!
A verdade é que estamos vivendo em uma sociedade (e aqui falo de gente que vive bem próximo de nós) que já não acredita mais que as coisas podem durar por muito tempo, a começar pelo material.
Parece que nunca foi tão fácil como nos dias de hoje você trocar um carro, um cursinho, um celular, em tão pouco tempo. A questão é que estamos na era do descartável, isso se tratando de coisas e pessoas. Ora quero isso, ora aquilo, ora esse ou aquele e assim vai.
Quando falamos de coisa material até consideramos uma troca de vez em quando e, quando se trata de decisões que deveriam ser definitivas… é aí que o bicho pega.
Você já notou que muitos se casam pensando que se não der certo dá pra separar; ou diante de um chamado, uma vocação, se não der conta pode voltar atrás sem problemas… enfim, em muitas áreas da nossa vida abrimos a possibilidade de um retorno fácil, porém, sem considerar as conseqüências de uma escolha mal feita ou mal sustentada.
Quer um exemplo fácil? Você já deve ter pego uma rua, avenida ou qualquer outra coisa parecida que não tinha certeza se estava pelo caminho certo e imediatamente cogitou a possibilidade de voltar caso tenha errado o percurso?
É bem isso que tem acontecido na vida de muitas pessoas, principalmente da juventude. Não tendo certeza do caminho, logo cogitam um retorno breve.
O nosso amado Papa Francisco entre tantas coisas ditas recentemente tem alertado e pedido aos jovens para que façam sim escolhas definitivas e que não se dêem a possibilidade de voltar atrás.
Se tratando de chamado principalmente, seja para vida matrimonial, sacerdotal, religiosa, celibatária… ele tem nos convidado a revelar ao mundo que o ‘‘para sempre’’ existe e é possível.
Falando um pouquinho da nossa realidade, muitos pensam que o que vale a pena é aquilo que nos traz prazer imediato e por isso acreditam que se esse ou aquele, essa coisa ou aquela não está me trazendo felicidade é porque algo está errado. Está aí um grande erro!
Precisamos aprender que coisas e pessoas nunca irão sanar o desejo de felicidade que há em nós, pois quando fomos gerados como que um buraco ficou em nós e esse se chama saudade de Deus, por isso que o nosso coração só se alegra profundamente quando tem Deus no comando da nossa vida, das nossas escolhas.
E você? Já fez uma alguma escolha definitiva, um ‘‘para sempre’’ na sua vida?
Se olharmos para nós, para a nossa pequenez e miséria, é claro que de bate e pronto nos achamos incapazes de sustentar alguma escolha que fizemos, estamos prestes a fazer ou faremos como ‘‘para sempre’’. Porém, se estamos com Jesus e sob a sua santa vontade, nada nos impedirá de nos manter fiéis até o fim. A graça Dele nos sustenta a cada dia, mas para isso precisamos dar um passo, nos decidir e confiar que as mãos d’Ele nos sustentará.

Somos vocacionados a nadar contra a maré que está em alta ao nosso redor. Chamados a revelar ao mundo que existe sim um ‘‘para sempre’’, de que é possível assim como no casamento, na ordenação sacerdotal, numa consagração a um carisma específico, numa vocação profissional, sermos fiéis até o fim.
Não olhe para a vida daqueles que deram passos e depois acabaram na marcha ré. Olhe sim para o testemunho de tantos (e esses são a maioria) que, mesmo em meio às lutas, provas, alegrias e desafios, permaneceram até o último instante.

Jovem, rapaz, moça, você e eu, Cristo espera de nós um testemunho feliz para esse mundo que já perdeu a esperança naquilo que pode sim durar ‘‘para sempre’’.

Deixa Ele contar com você para incendiar esse mundo de uma felicidade que muitos ainda desconhecem que é ser de Deus e fazer escolhas definitivas na nossa vida.

Deus abençoe e te dê força para renovar o seu sim hoje à vontade Dele para você.

Mariane Mosna Vincentim – Oblata Corpus Christi



COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

     
 Notícias

  14 dez, 2015
Papa abre a Porta Santa da Basílica de São João de Latrão

  13 dez, 2015
Pais perdem guarda dos filhos por serem “muito cristãos”

  13 dez, 2015
Bispos norte-americanos pedem ação urgente contra ‘pecado mortal’ da pornografia

  21 abr, 2015
O número de católicos aumentou 12%


 O que estamos fazendo
 
  1 nov, 2016
… para a galerinha de 08 a 10 anos

  29 jun, 2016
Não perca!