Reaprender o Amor



19 março, 2014


Nos tempos em que vivemos, o crer em Deus se tornou algo efêmero, sem importância.

Hoje muitos homens se tornaram incrédulos, vazios tristes (sem alma).

A insensatez tomou conta, a frieza e a tibieza humana, corroem a cada dia aquilo que o criador nos deu de mais belo: o Amor.

Como cristãos, hoje o Senhor nos pede: alarguem os seus corações, acreditem e amem-se mutuamente, para que vivenciada a fé e o amor, sejam as armas poderosas que vão vencer o mal que se alastra pelo mundo.

Madre Tereza de Calcutá nos mostrou de uma forma explícita como o amor humano, vivido de forma certa, pode mudar as realidades, desse mundo e vencer o mal.

Abramos então os nossos ouvidos e os nossos corações, pois é necessário que se creia primeiro para nos achegarmos a Cristo, e é necessário que se ame para dele falarmos.

“Caríssimos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus, e todo o que ama é nascido de Deus e conhece a Deus(I Jo 4, 7).

Aquele que sabe amar é nascido de Deus, pois aprendeu com seu Criador o valor que o outro tem, e não permanece no egoísmo ou individualismo que o mundo prega hoje.

Aprendamos com Madre Tereza, com tantos Santos, com o próprio Jesus: o dom do Amor, e da vida doada sem medidas.

Não busquemos porquês, digamos para que.

Creiamos somente, creiamos que a vida é muito mais do que vemos hoje, que o Céu é possível, pois Jesus nos dá essa oportunidade: a de sermos salvos.

Hoje é preciso crer como Maria, e amar como Jesus, para que a Salvação aconteça em nós e a partir de nós, e assim os homens tão perdidos nas trevas conheçam a luz e sejam salvos.

Luciene Souza – Oblata Corpus Christi


COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

     
 Notícias

  14 dez, 2015
Papa abre a Porta Santa da Basílica de São João de Latrão

  13 dez, 2015
Pais perdem guarda dos filhos por serem “muito cristãos”

  13 dez, 2015
Bispos norte-americanos pedem ação urgente contra ‘pecado mortal’ da pornografia

  21 abr, 2015
O número de católicos aumentou 12%


 O que estamos fazendo
 
  1 nov, 2016
… para a galerinha de 08 a 10 anos

  29 jun, 2016
Não perca!