A alegria do Evangelho! Como viver a PARRESIA dos APÓSTOLOS?



21 fevereiro, 2014


Um dos grandes desafios do cristão no mundo atual é a vivência daquele tão conhecido mandato de Jesus: “Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda criatura” (Mc 16, 15). Porém, além de desafio, essa ordem do Senhor para nós se torna uma grande necessidade diante do dramático quadro em que se emolduram os valores éticos e morais da sociedade de nosso tempo, que cada vez mais se afasta da Verdade do Evangelho.

Esse triste cenário, muitas vezes, acaba por nos abater e amedrontar, pois, “como poderemos anunciar a Boa-Nova de Jesus em um mundo que caminha rumo ao paganismo? Como não se deixar tocar pela insensibilidade desse mundo? Como lidar com os ‘fracassos’ que enfrentamos diariamente diante dos corações que não se abrem à Palavra que anunciamos?” É encantador olhar para a vida de Pedro, de João, de Tiago, de Paulo e perceber com que amor e força pregavam a vida nova em Cristo, nada podia os abater ou deter! E, a realidade do tempo em que viviam, não era muito diferente da nossa, pois não raramente vemos São Paulo exortando os fiéis em suas cartas a deixarem os maus hábitos, as fornicações, os roubos, a imoralidade, etc. Como, então, viver essa incansável parresia que ardia no coração dos Apóstolos hoje, em nosso tempo?

“A qualidade do evangelizador depende da qualidade da sua união com Deus”, nos diz o Cardeal Marc Ouellet, prefeito da Congregação para os Bispos.

O ardor missionário e a eficácia da evangelização são frutos de uma vida de intimidade com Deus e de conversão diária! Com certeza todos nós temos alguma história para contar do nosso primeiro encontro com Deus, da nossa “primeira conversão”. Com que alegria nos deixamos seduzir por Deus! Com que despojamento fomos renunciando às coisas desse mundo para abraçar uma vida nova! Quando vivemos esse “primeiro encontro” nosso coração arde, quase que involuntariamente, de desejo de anunciar o Evangelho e de levar aos outros, a novidade que encontramos. Mas, porque esse desejo enfraquece? Porque esfriamos com as dificuldades do dia-a-dia e não somos como os Apóstolos, que por nada se deixavam abater? O segredo está em transformar a conversão e o encontro com Deus em algo constante em nossas vidas, em vivência ininterrupta!

Podemos observar isso, claramente, na vida de São Paulo, o grande modelo de todo evangelizador. A conversão de “Saulo de Tarso”, tão conhecida na Tradição cristã, para nós é motivo de celebração litúrgica, mas para ele foi um acontecimento transformado em meta, e um objetivo alcançado pela graça de Deus. Paulo lutou muito para anunciar Jesus, e, sua principal batalha foi para conquistar sua própria conversão: Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito, o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço” (Rm 7,18-20). E, instruído pelo próprio Senhor, na intimidade, encontra a arma da vitória: “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza” (2Cor 12, 9)

Façamos essa experiência! Se suas ações missionárias andam apáticas, se seu coração perdeu o brilho do anúncio, peça ao Senhor, com toda a tua alma na intimidade e não perca tempo, trabalhe sua própria conversão diária! Não há como converter um irmão a Cristo se meu coração não se deixa transformar por Ele. Seja firme em seus propósitos de luta contra o pecado, fortaleça sua vida de oração e… claro, permita que o Espírito de Deus inflame seu coração da alegria do anuncio do Evangelho!

“Que o mundo do nosso tempo, que procura ora na angústia, ora com esperança, possa receber a Boa Nova dos lábios, não de evangelizadores tristes e descoroçoados, impacientes ou ansiosos, mas sim de ministros do Evangelho cuja vida irradie fervor, pois foi quem recebeu primeiro em si a alegria de Cristo”. (Papa Francisco, Evangelii Gaudium).

Nicole Gonçalves – Oblata Corpus Christi


COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

     
 Notícias

  14 dez, 2015
Papa abre a Porta Santa da Basílica de São João de Latrão

  13 dez, 2015
Pais perdem guarda dos filhos por serem “muito cristãos”

  13 dez, 2015
Bispos norte-americanos pedem ação urgente contra ‘pecado mortal’ da pornografia

  21 abr, 2015
O número de católicos aumentou 12%


 O que estamos fazendo
 
  1 nov, 2016
… para a galerinha de 08 a 10 anos

  29 jun, 2016
Não perca!