“Vinde, pois tudo está pronto”



1 novembro, 2016


Comentário do Evangelho do dia 01/11/2016
Festa de Todos os Santos (Lc. 14,15-24)
Valter Evaristo Gonçalves – Oblato Corpus Christi

O Evangelho de hoje nos mostra que todos somos convidados ao banquete da Ceia Eucarística, antecipação do Banquete eterno que o Senhor reservara á todos os que acolhem cada um com o seu Dom ao Reino de Deus.

Sendo de condição Divina, Jesus assumiu a condição de servo e nos convida à humildade e à caridade para só assim podermos participar do deste banquete.

A comunidade cristã é formada por todos os que respondem com generosidade ao convite do Senhor, pondo os próprios serviços das necessidades da Igreja e da sociedade.

Com esta parábola dos convidados para um grande banquete Jesus encerra seus ensinamentos por ocasião da refeição em casa de um chefe dos fariseus, onde Jesus havia advertido aos presentes quanto ao seu comportamento, destacando a prioridade aos pobres.

Nesta parábola Jesus chama a atenção para as diferentes possibilidades destes convidados, enquanto os ricos e acomodados preocupados com seus afazeres se desinteressam pelo convite, porém são os pobres e excluídos, livres e disponíveis, que, prontamente o aceitam.

O banquete oferecido à humanidade é iniciativa de Deus, entretanto nada se resolve sem a decisão de quem é convidado e se empenha em dizer “Sim”. A não participação a este banquete como mostra a parábola por parte dos ricos e gente de condição social, leva a sua auto-exclusão ao Reino de Deus, isto nos mostra que quem está preocupado com seus afazeres e propriedades falta lhe tempo para as exigências do Reino. Só quem se torna pobre e humilde de coração desapegado de seus bens materiais está sempre disponível para Deus e seu projeto de salvação, lembrando que a riqueza material muitas vezes impede o coração humano ao ponto de torna-lo surdo ao apelo Divino. Jesus deixa claro que as riquezas e o apego a elas são um empecilho para entrar no Reino de Deus. Quem não renuncia a si mesmo, a tudo o que possui não pode ser meu discípulo.

“Todos os fiéis cristãos, de qualquer estado ou ordem, são chamados à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade”. Todos são chamados à Santidade: “Deveis ser perfeitos como vosso Pai celeste é perfeito”.

Jesus me ensina a ter um coração decidido, um coração desapegado das coisas deste mundo, para que eu possa atender prontamente o seu chamado. Amém.

Paz e Bem!

Referências Bíblicas: Liturgia Diária Novembro de 2016
Bíblia Dia-Dia (Ed. Paulinas)



COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

     
 Notícias

  14 dez, 2015
Papa abre a Porta Santa da Basílica de São João de Latrão

  13 dez, 2015
Pais perdem guarda dos filhos por serem “muito cristãos”

  13 dez, 2015
Bispos norte-americanos pedem ação urgente contra ‘pecado mortal’ da pornografia

  21 abr, 2015
O número de católicos aumentou 12%


 O que estamos fazendo
 
  1 nov, 2016
… para a galerinha de 08 a 10 anos

  29 jun, 2016
Não perca!