“E vós também sois integrados nessa construção!”



6 setembro, 2016


Comentário do Evangelho do dia 06/09/2016
Terça, 23ª Semana Comum (Lc. 6,12-19)
Valter Evaristo Gonçalves – Oblato Corpus Christi


O Evangelho de hoje nos mostra que nossa vocação nasce do encontro pessoal e comunitário com Jesus, pedra fundamental que alicerça a vida da Igreja e que por meio do Batismo nos tornamos também seus discípulos.

O Evangelho também destaca a ação do Espírito Santo e o sentido da oração no ministério de Cristo, Jesus ora nos momentos decisivos de sua missão: antes de o Pai dar testemunho dele por ocasião do Batismo e da Transfiguração e antes de realizar por sua Paixão o plano de Amor do Pai, ora também nos momentos decisivos que darão início a missão dos Apóstolos: antes de escolher e chamar os doze, antes que Pedro o confesse como “Cristo de Deus” e para que a Fé do chefe dos Apóstolos não desfaleça na tentação.

A oração de Jesus antes das ações salvífica que realiza a pedido do Pai é uma entrega, humilde e confiante, de sua vontade humana à vontade amorosa do Pai.

Desde o início associou seus discípulos à sua vida revelou-lhes o Mistério do Reino, deu-lhes participar de sua missão de sua alegria e de seus sofrimentos.

Jesus fala de uma comunhão ainda mais íntima entre Ele e os que os seguiriam: “Permanecei em min, como eu em voz, Eu sou a videira e voz os ramos” ( Jo 15,4-5) e anuncia uma comunhão misteriosa  e real entre seu próprio corpo e o nosso: “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em min e Eu nele” (Jo 6,56), portanto aquele que Crê responde à Palavra de Deus e se tornam membros do Corpo de Cristo ficando estreitamente unidos a Cristo.

Assim como diz São Paulo aos Efésios: E vós também sois integrados nessa construção para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito Santo. (Efésios 2,22).

Após a noite de oração na montanha é necessário descer para ir ao encontro das multidões que anseiam por Jesus, em busca de libertação e vida. Eles vêm da Judeia e das regiões gentílicas vizinhas da Galileia.

Jesus os acolhe, sem discriminações. Com suas palavras e sua prática, Jesus eleva os abatidos e os liberta de sua exclusão que os alienava e causava doenças do corpo e da mente.

Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor vossos fiéis. Amém.

Paz e Bem!


Referências Bíblicas: Liturgia Diária Setembro 2016
Catecismo da Igreja Católica Edição típica Vaticana



COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

     
 Notícias

  14 dez, 2015
Papa abre a Porta Santa da Basílica de São João de Latrão

  13 dez, 2015
Pais perdem guarda dos filhos por serem “muito cristãos”

  13 dez, 2015
Bispos norte-americanos pedem ação urgente contra ‘pecado mortal’ da pornografia

  21 abr, 2015
O número de católicos aumentou 12%


 O que estamos fazendo
 
  1 nov, 2016
… para a galerinha de 08 a 10 anos

  29 jun, 2016
Não perca!