Missa de abertura | Semana em Defesa da Vida



7 outubro, 2015


Para darmos início à Semana em Defesa da Vida, realizamos na Capela São Francisco de Assis, em Piracicaba, uma Missa de abertura , presidida pelo Padre Aparecido Barbosa e concelebrada pelos padre Adalton Demarchi e Paulo Sérgio.

“Quando a gente fala nesta festa ou nesta Semana… o primeiro ponto, para nós cristãos, para nós que cremos no projeto de Deus, é uma afirmação: A vida é um DOM! Antes de ser um direito, antes de ser uma resposta, ela (a vida) é um Dom.

Na perspectiva cristã, quando eu digo que a vida é um dom, eu digo que ela está acima de todo e qualquer direito, ela é maior. O dom é maior do que o direito. E ela não estará nunca condicionada a uma perspectiva que possa limitá-la.

Por que que essa afirmação é importante?

Porque nós vivemos num mundo onde para poder se chegar ao aborto a gente inverte um pouco o discurso, com as novas tecnologias que se tem por aí para possibilitar que a mulher engravide, então nós temos um monte de recursos… e para facilitar esse processo de engravidar, se cria na sociedade a noção de que a gravidez, o filho é um direito da mulher. Quando eu digo que é um direito, eu digo que ela se coloca como uma escolha: eu tenho o direito, eu posso escolher exercê-lo ou não exercê-lo…

Esse é o raciocínio perverso que está presente na nossa sociedade hoje! Por um lado nós queremos afirmar: é direito da mulher ter um filho, então vamos fazer inseminação artificial, vamos fazer tratamento, vamos fazer uma série de mecanismos físicos e biológicos para possibilitar que a mulher engravide. Só que o outro lado da moeda diz assim: aquela que quer engravidar, a ciência te dá o direito, mas assim como é um direito, aquela que não quiser ela pode tirar o filho. Se é um direito eu posso querer ou não querer.

Por isso que para nós antes de falar que a vida é um direito, eu tenho que falar: A VIDA É UM DOM. E, diante do dom, eu não tenho escolhas, eu me coloco como Maria se colocou, a serviço desse dom: “Eis aqui a escrava do Senhor”.

Isso é muito bonito para nós cristãos tomarmos como ponto de partida: a vida que eu tenho é dom de Deus! A vida que é gerada em família é dom de Deus. Não é direito, porque não parte de um merecimento humano, mas parte da graça, que como diz a Sagrada Escritura: “… de que foi Deus mesmo quem primeiro me escolheu, foi Deus quem primeiro me chamou”, para fazer parte desse seu projeto de Vida.” (trecho da homilia do Pe. Adalton, durante a Celebração Eucarística)

Agradecemos a presença de todos e, de maneira especial, ao alunos da escola de Teologia para leigos, que participaram conosco dessa Celebração.

Clique aqui e conferir outros momentos da Santa Missa



COMPARTILHE ESTA PAGINA


Deixe um comentário

     
 Notícias

  14 dez, 2015
Papa abre a Porta Santa da Basílica de São João de Latrão

  13 dez, 2015
Pais perdem guarda dos filhos por serem “muito cristãos”

  13 dez, 2015
Bispos norte-americanos pedem ação urgente contra ‘pecado mortal’ da pornografia

  21 abr, 2015
O número de católicos aumentou 12%


 O que estamos fazendo
 
  1 nov, 2016
… para a galerinha de 08 a 10 anos

  29 jun, 2016
Não perca!